• Economizar no condomínio: você tem feito tudo o que pode?

    15 de agosto de 2018

    Encontrar as melhores formas de economizar no condomínio é, certamente, uma das prioridades dos síndicos. Porém, fazer uma avaliação consciente sobre todos os custos que devem ser pagos mensalmente pelo condomínio nem sempre é uma tarefa simples, não é mesmo?

    É muito comum vermos síndicos que executam ações para diminuir o consumo de água e as despesas enquanto pagam várias horas extras desnecessárias para os funcionários. A falta de uma visão ampla sobre todas as despesas pode causar esse cenário de cortar um gasto enquanto as outras despesas seguem altas.

    Para garantir que você realmente faça tudo o que pode ser feito para economizar no condomínio, listamos, a seguir, as despesas mais comuns que podem ser reduzidas. Acompanhe.

     

    Você tem feito tudo o que pode para economizar no condomínio?

    Para otimizar o uso dos recursos do seu condomínio, é fundamental que você tenha uma visão geral sobre todas as despesas recorrentes – encontrando formas efetivas de reduzi-las. Confira, a seguir, quais são essas despesas e como você pode diminuir os gastos.

    Consumo de água

    Os gastos com o consumo de água podem chegar a até 20%do orçamento mensal de um condomínio. Por essa razão, é muito importante implementar ações que busquem a redução do consumo pelos moradores e identificação de falhas que podem ser corrigidas.

    Entre as principais alternativas para economizar no condomínio quando o assunto é consumo de água estão:

    • Instalação de hidrômetros individuais para realizar a cobrança de acordo com o consumo dos moradores – o que é um incentivo para que cada um busque reduzir o seu consumo individual;
    • Checagem rotineira por vazamentos de água no condomínio;
    • Reutilização da água da chuva para a limpeza de áreas comuns e conscientização dos funcionários para economizar o recurso nas tarefas rotineiras.

    Energia elétrica

    Apesar de não ser um gasto tão expressivo quanto o consumo de água, é possível economizar com ações que reduzem o uso de energia elétrica. Isso pode ser colocado em prática das seguintes formas:

    • Instalação de lâmpadas que consomem menos energia elétrica;
    • Instalação de sensores de presença para acionar as luzes apenas quando necessário;
    • Conscientização de moradores e funcionários para a redução do consumo;
    • Manutenção preventiva ou modernização dos elevadores para reduzir o seu consumo de energia elétrica.

    Inadimplência dos moradores

    Ainadimplência dos moradores é uma grande vilã para os condomínios. Além de causar um grande estresse com cobranças, os atrasos de pagamentos podem gerar consequências mais graves – como a necessidade de pagar por juros e multas no atraso de pagamento de contas do condomínio.

    Para evitar essas situações, coloque em prática essas ações:

    • Conscientização dos moradores sobre a importância de pagar em dia;
    • Controle atualizado dos pagamentos realizados;
    • Agilidade e rigor na cobrança de moradores inadimplentes.

    Materiais de limpeza

    Os materiais de limpeza são necessários com muita frequência nos condomínios, certo? Por esse motivo, o uso consciente desses materiais é uma ótima forma de economizar. Veja como colocar isso em prática:

    • Oriente os funcionários para utilizar corretamente os materiais – destacando aqueles que são mais caros;
    • Controle os estoques de materiais para evitar o desperdício;
    • Terceirize o serviço de limpeza com empresas que fornecem os materiais utilizados.

    Folha de pagamento

    A folha de pagamento representa os maiores gastos de um condomínio – podendo chegar até 60% do orçamento mensal. Isso significa que o síndico deve dar uma atenção especial e encontrar soluções para minimizar os custos com salários e horas extras. Veja algumas dicas que podem ser úteis:

    • Crie uma escala de horários eficiente para minimizar a necessidade de horas extras;
    • Avalie a real necessidade dos funcionários do condomínio;
    • Considere a terceirização dos serviços, com empresas especializadas;
    • Estude a instalação de soluções tecnológicas para reduzir a necessidade de funcionários – como a portaria remota.

    E então, você tem feito tudo o que pode para economizar no condomínio? As dicas apresentadas foram úteis para a sua gestão? Se a ideia é terceirizar os serviços do seu condomínio, conte com o Grupo M&S e as soluções que oferecemos para melhorar os seus gastos mensais.